Segunda-feira 25 de Setembro de 2017

Dia 04 de março de 2017 às 19:30 posse do neo acadêmico poeta e professor, Francisco de Assis Sousa

HINO À ALERP

Postado por: Francelina Macedo em 17/02/2013 as 08:59:09
HINO À ALERP

HINO DA ACADEMIA DE LETRAS DA REGIÃO DE PICOS – ALERP

 Letra e Música: Francelina Macedo

Arranjos / partituras: Jardel e Luciana, Músicos da SECULT

Interpretes: Francelina e José Osvaldo Lavor

Composição: Picos – PI, 15 de setembro de 2012

 

              I

 Em meados dos anos 80

Vivo e pleno fervor ideal

Escritores e grupos projetam

Grande ícone de expressão cultural.

      II

 22 de outubro é a data

Que a classe do artista selou

Coroando de forma exata

A Academia que o povo abraçou.

      REFRÃO

 ALERP, teu sonho é lindo!

Guardiã da Cultura da Paz!

Na História, teu curso é um hino!

Tu fizeste e farás muito mais!

   III

 No celeiro artístico de Picos

Representas o nosso Piauí

Num cenário reflexo e crítico

Antenando o passado e o porvir.

 IV

Ver e sente o querer desse povo

Reinventa e produz humanidade

O poeta faz de ti um adorno

Exprimindo nossa identidade.

A caneta é arma altaneira

Contra injusta ordem social

Denuncia, critica e peneira

Diferença e direito igual.  

       REFRÃO 

ALERP, teu sonho é lindo!

Guardiã da Cultura da Paz!

Na História, teu curso é um hino!

Tu fizeste e farás muito mais! 

   VI 

Algodão, oiticica e couro,

Agua viva, alho, rapadura,

Leite e mel constituem tesouros

                            Geram PIB de envergadura.                            

          VII 

Mas o teu verdadeiro presente

É a nobre missão de exprimir

Grandes dons a brotar de tuas mentes

Uma peça de arte a esculpir.

REFRÃO 

ALERP, teu sonho é lindo!

Guardiã da Cultura da Paz!

Na História, teu curso é um hino!

Tu fizeste e farás muito mais! 

        VIII

Uma tocha de cultura e saber

Tua Flâmula em cores reais

Tens no livro maior fonte de prazer

Povo culto contempla os sinais. 

          IX

Pavilhão nosso Símbolo de glória

Branco, verde, amarelo e azul

Triunfante reluz na memória

Venerada de norte a sul. 

        X 

Branco é livre expressão do pensamento

Verde harmônico humano e natureza

O azul é um convite ao juramento

A cumprir com lealdade e clareza! 

        XI 

O amarelo é a Vida na Arte

O vermelho nos pede vigor

Simbolista é o teu estandarte

Nele encerra o nosso fervor. 

       REFRÃO

ALERP, teu sonho é lindo!

Guardiã da Cultura da Paz!

Na História, teu curso é um hino!

Tu fizeste e farás muito mais! 

    XII

Poetize, proseie e cante!

Tens a seiva dos sonhos do amante

Heroína de misto semblante (bis)

Oh! Gloriosa ALERP, Avante!

 

 

 

 

          

 

 

 

 

 

Voltar ao TOPO ou INICIAL

parceiros da ALERPwww.jornaldepicos.com.br
www.leiturartes.com.brwww.leiturartes.com.br
www.jornalista292.com.brwww.jornalista292.com.br
www.folhaatual.com.brwww.folhaatual.com.br
www.aroeirasnews.com.brAroeirasNews.com.br
parceiros da ALERPwww.portalfcs.com.br
parceiros da ALERPParceiro da academia de letras
parceiros da ALERPParceiro da academia de letras
parceiros da ALERPParceiro da academia de letras
parceiros da ALERPParceiro da academia de letras
www.academiadeletraspicos.com.brFale com o presidente
painel administrativoLogar no painel administrativo
leiturartes.com.brSite desenvolvido por Nonato Fontes
contato@leiturartes.com.br

© - Todos os direitos reservados a www.academiadeletraspicos.com.br