Terça-feira 20 de Novembro de 2018

Academia de Letras da Região de Picos - ALERP: "Guardiã da Cultura da Paz"

Lágrimas de Mulher

Postado por: Silvia Trevisani em 14/03/2014 as 14:17:32
Lágrimas de Mulher

Lágrimas que vertem nos olhos Salgadas como a tristeza que aflora Cansadas de seus abrolhos. Deslizam sem culpa pela face afora. Lágrimas que sufocam a saudade! Que apagam os sonhos e geram vidas, Lágrimas de alegrias, de realidade, Deslizam nas faces sofridas. Lágrimas caprichosas, Das damas, das meretrizes, Das donzelas e das senhoras, Sonhando com os matizes. Lágrimas que envolvem a sorte, Que acompanham os filhos à guerra, Teimosas que levam a morte, Inconsoláveis que molham a terra! Lágrimas que acalentam o filho, Que regam um amor perdido, Enganam um coração sofrido, Que esperam por um sorriso! Uma gota de lágrima quente, Que nasce por um motivo qualquer... A torna um ser diferente, Incessantes lágrimas de mulher...

 

 

          

 

 

Seja o Primeiro a comentar esta matéria!

© - Todos os direitos reservados a alerp.com.br