Segunda-feira 16 de Outubro de 2017

Dia 04 de março de 2017 às 19:30 posse do neo acadêmico poeta e professor, Francisco de Assis Sousa

LYRA, POR QUESTIONADOS CAMINHOS, UM ESCUDEIRO DA DEMOCRACIA

Postado por: Francelina Macedo em 17/02/2013 as 08:59:09
LYRA, POR QUESTIONADOS CAMINHOS, UM ESCUDEIRO DA DEMOCRACIA

Francelina Macedo

Somos um Brasil de brasileiras e brasileiros, pessoas de todas as raças, credos, cores, culturas, jeitos e trejeitos, no samba e na dor.

Um país de dar orgulho, de encher os olhos, que mina as perspectivas de quem atenta contra as humanidades deste povo, que constrói tijolo a tijolo a própria cidadania, e com ela, a história, feita por todos e escrita por ícones que igualmente atendem por nome de gente, nascida e criada do povo e com o povo.

Gente como Fernando Soares Lyra, (8/10/1938 - 14/02/2013), que ao longo de 74 anos prestou relevantes serviços ao país. Uma personalidade forjada entre os gemidos da seca e do boia fria dos canaviais, nas injustas relações com fazendeiros e usineiros da grande Recife, onde experimentou, ainda como estudante, o calor das lutas populares e o fogo ardente dos tanques da ditadura.

Formou-se em Direito, em 1964, não por acaso, assumindo a missão de se contrapor a abusos e a toda sorte de injustiça. A própria hostilidade do cenário o fez perceber que precisava ingressar na política e assim, seus ideais e postura o levaram ao grupo dos chamados “Autênticos do MDB”, que buscava, a alto custo pessoal, os caminhos da democracia.

Foi um fiel escudeiro das “Diretas Já”, ao lado de Ulisses Guimarães, Tancredo Neves e tantos combatentes de fibra, considerado inclusive um dos principais articuladores da eleição de Tancredo pelo Congresso.

Com a posse inesperada de Sarney, foi convidado pelo mesmo a assumir o Ministério da Justiça, cargo no qual ficou por cerca de 1 ano apenas, porem, na primeira canetada, viveu como se cada dia fosse o último, derrubou a repulsante lei da censura, ratificando oficialmente o que fizera politicamente durante toda a vida.

Hoje, na semana da morte de Lyra, é oportuno perguntar qual a principal lição que o mesmo deixa ao povo brasileiro, sobretudo aos jovens parlamentares. É exatamente a persistência de trilhar um longo curso de 5 mandatos como parlamentar de oposição, resistindo a ameaças e a coações, em estreita ligação com a sua base. Um labirinto de curvas e cantos, que lhe exigiu coragem, bom senso, capacidade de tomar decisões, acercando-se de pessoas a quem ajudou e por quem foi ajudado, a exemplo, o guerreiro Miguel Arraes, exilado em tempos difíceis da vida política desse país, na Argélia.

Lyra, como toda liderança, é uma personalidade controversa: agradou, desagradou, julgou e, por vezes, foi mal julgado. Como todo bom guerreiro, aprendeu a lição primeira: manteve-se vivo e em mira da lona. No instinto de sobrevivência dois requisitos básicos: habilidade e respeito conquistado.

Se pudéssemos transformar essa abstração em números, acredito que os 83% da preferência do eleitorado pernambucano em favor do neto de Miguel Arraes, Eduardo campos, ao governo do Pernambuco, em 2010, traduziria a lealdade de Lyra aos ideais, seus de Arraes.

A eleição de Campos foi o seu último, arrojado e exitoso projeto público. Foi neste momento onde Lyra reencontrou o estudante, unindo assim a duas pontas da existência. Na hipótese “daquele balanço”, nesta quinta feira, 14 de fevereiro de 2013, data de sua morte, deve ter achado como resposta que valeu a pena, como sempre vale a pena ser brasileiro. Descanse em paz, Lyra, que por aqui, a gente vai levando essa vida (...).

 

 

          

 

 

Seja o Primeiro a comentar esta matéria!
parceiros da ALERPwww.jornaldepicos.com.br
www.leiturartes.com.brwww.leiturartes.com.br
www.jornalista292.com.brwww.jornalista292.com.br
www.folhaatual.com.brwww.folhaatual.com.br
www.aroeirasnews.com.brAroeirasNews.com.br
parceiros da ALERPwww.portalfcs.com.br
parceiros da ALERPParceiro da academia de letras
parceiros da ALERPParceiro da academia de letras
parceiros da ALERPParceiro da academia de letras
parceiros da ALERPParceiro da academia de letras
www.academiadeletraspicos.com.brFale com o presidente
painel administrativoLogar no painel administrativo
leiturartes.com.brSite desenvolvido por Nonato Fontes
contato@leiturartes.com.br

© - Todos os direitos reservados a www.academiadeletraspicos.com.br